Horários das Aulas

Ed. Inf. e 1º ano - 7h às 11h50 / 13h às 17h50.
COM PERÍODO INTEGRAL OPCIONAL.

Ens. Fundamental

- 2º ao 5º ano - 7h às 12h / 13h às 18h.

- 6º ao 9º ano - 7h às 12h30.

Ensino Médio - 7h às 13h30.

Com dia integral (manhã: 7h às 12h30)

- 1ª e 2ª série - 2ª feira das 13h30 às 17h10.

- 3ª série - 2ª feira das 13h30 às 15h10.

Venha conhecer o colégio

Visitas: de terça a sexta às 8h ou às 16h.
Deverá ser realizado um agendamento prévio por meio do número de telefone 2971-6900 ramal: 121, 232 e 115.

Atendimento Secretaria

Segunda a sexta, das 8h às 17h.

Endereço

Rua Dom Henrique Mourão, 201
Santa Terezinha - São Paulo - SP - 02405-030

tel: (11) 2971-6900 - fax: (11) 2973-0079

como chegar

Aulaweb

Ferramenta de apoio ao aluno. Nela, os professores disponibilizam aulas, leituras extras, arquivos de apoio, lista de exercício, links entre outros materiais que podem contribuir para o processo de ensino.

Acadêmico Web

Por meio dessa ferramenta é possível verificar o rendimento escolar do aluno a partir do 2º ano, e o acompanhamento pedagógico a partir do 6º ano.

Portal Educacional


Acesse aqui o novo portal:

versão para computador

versão para Tablet/Celular

1º ano

Aula de Música: O MÁXIMO com o mínimo!
A Magia do Xilofone

Ensino Fundamental > Ensino Fundamental I > 1º ano

21-11-2019 12:44



Sabemos que aprender a tocar um instrumento musical não é fácil; em grupo, ainda mais complicado. É preciso iniciar com o mais elementar e fundamental requisito: aprender a manipular o instrumento. Atividades com efeitos simples, como glissandos, arrastando a baqueta sobre as placas do xilofone ou percutindo-as de maneira correta para se obter a melhor sonoridade, ganham significado se inseridas num contexto de interesse das crianças. Dessa forma, com a realização do “mínimo”, obtém-se o “máximo”, numa experiência expressiva. Elvira Drummond, escritora, compositora e educadora, afirma que a prática de conjunto instrumental – em nosso caso, no ambiente pedagógico – possibilita desenvolver a escuta do outro; esperar sua vez de tocar e escutar-se como parte de um todo, a fim de compreender a visão panorâmica da peça, saboreando cada som. Foi exatamente isso o que aconteceu: com a postura de músicos profissionais, cada um executando sua parte musical, a beleza se fez presente e até as palavras me faltaram: só me restou aplaudi-los! Bravo!







Confira o que está acontecendo nos outros setores