Horários das Aulas

Ed. Inf. e 1º ano - 7h às 11h50 / 13h às 17h50.
COM PERÍODO INTEGRAL OPCIONAL.

Ens. Fundamental

- 2º ao 5º ano - 7h às 12h / 13h às 18h.

- 6º ao 9º ano - 7h às 12h30.

Ensino Médio - 7h às 12h30.

Com dia integral

- 1ª e 2ª série - 2ª e 4ª feira das 13h50 às 17h30.

- 3ª série - 2ª e 4ª feira das 13h50 às 16h20.

Venha conhecer o colégio

Visitas: de terça a sexta às 8h ou às 16h.
Deverá ser realizado um agendamento prévio por meio do número de telefone 2971-6900 ramal: 121, 232 e 115.

Atendimento Secretaria

Segunda a sexta, das 8h às 17h.

Endereço

Rua Dom Henrique Mourão, 201
Santa Terezinha - São Paulo - SP - 02405-030

tel: (11) 2971-6900 - fax: (11) 2973-0079

como chegar

Aulaweb

Ferramenta de apoio ao aluno. Nela, os professores disponibilizam aulas, leituras extras, arquivos de apoio, lista de exercício, links entre outros materiais que podem contribuir para o processo de ensino.

Acadêmico Web

Por meio dessa ferramenta é possível verificar o rendimento escolar do aluno a partir do 2º ano, e o acompanhamento pedagógico a partir do 6º ano.

Portal Educacional

Acesse aqui o novo portal

Ensino Fundamental II

Bom Dia Cívico do Fundamental II
O tema é Campanha da Fraternidade

Ensino Fundamental > Ensino Fundamental II

26-02-2018 10:34



O Ensino Fundamental II participou do Bom dia Cívico sobre a Campanha da Fraternidade durante as últimas semanas.

Este ano o tema da Campanha da Fraternidade será: “Fraternidade e Superação da Violência”. E como lema, do evangelho de Mateus: “Vós sois todos irmãos”. (Mt 23,8)

O objetivo da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) ao abordar esse tema é promover a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho de superação da violência.

A Campanha pretende estruturar as reflexões em três eixos temáticos, a saber: A violência na convivência humana; A violência e as estruturas sociais; Violência e algumas manifestações na sociedade. De maneira ampla, pretende-se discutir sobre o aumento dos índices de violência de qualquer espécie. Em nossas reflexões e discussões, certamente, será oportuno o debate sobre intolerância, preconceito, bullying, preservação da vida, desigualdades, entre outros.

“A conscientização de uma cultura de paz leva a superação de qualquer tipo de violência. O esforço para iniciativas dessa cultura pacífica deve ser pessoal, da família e da sociedade”, afirmou Willian Petelincar, professor que apresentou o tema aos alunos. 


Álbuns de Fotos Relacionados

Clique sobre as fotos, para vê-las ampliadas.



Bom dia Campanha da Fraternidade







Confira o que está acontecendo nos outros setores